Pátio Pavimentado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pátio Pavimentado

Mensagem por Thea Lane em Sex Jun 16, 2017 6:34 pm


Pátio Pavimentado

De todos os Pátios existentes nos Terrenos de Hogwarts, destacamos o Pátio Pavimentado. Este pátio serve de ligação para diversos locais dos Terrenos do Castelo; como por exemplo: o Ancoradouro, onde se basta atravessar uma grande abertura localizada a uma parede à esquerda, onde um pequeno trajeto em pedras nos levará ao dito local. Este pátio é bastante amplo e espaçoso, possui bancos devidamente espalhados em locais estratégicos . Os alunos cruzam-se aqui todos os dias, seja para tomar um ar fresco em horas vagas, treinar feitiços, ou para fazer algumas partidas. Algumas plantas trepadeiras cobrem as paredes em concreto, juntamente de algumas tochas que são responsáveis por iluminar o local durante as noites.


avatar
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Ulrich Gaia Cromwell em Seg Jul 31, 2017 5:11 pm

grandes começos e continuações
• Vidas que vem e vão em Hogwarts •
Via-se caminhando ao longe um rapaz robusto e alto para sua idade, cabelos e vestes sonserinas impecáveis e apenas uma mochila com estampa de camuflagem perdurava em seus ombros. Tratava-se do jovem Ulrich, caminhando em direção à uma das carruagens de testrálios invisíveis aos olhos dele, retornando para Hogwarts em seu quarto ano. Não olhava para os lados e não estava tão contente assim de retornar para Hogwarts este ano, tivera seu intercâmbio em Durmstrang negado devido um erro do Ministério da Magia que não queria nem mesmo se lembrar. Jogou sua mochila para dentro da carruagem vazia e subiu em um pulo, após apoiar-se com sua mão direita, tomando seu lugar e aguardando o andar da carroça e, pouco tempo depois por cavalheirismo, ajudando duas alunas a embarcar.

[...]

O rapaz ficara concentrado a maior parte do discurso e avisos da direção da escola nas memórias das regras que foram impostas e do que fora ordenado a ele e aos outros monitores e monitores chefes, na reunião que houvera previamente. ”Nada de floresta proibida sem adultos, realizar rondas pelo castelo, ajudar a manter a harmonia pelos corredores e terrenos, auxiliar os alunos novos.” E uma série de outras ordens que considerava baboseira, mas seguiria para manter seu currículo escolar impecável. Notou que a seleção para as casas de Hogwarts já havia começado apenas quando se escutou as palmas da casa Corvinal, comemorando a entrada de um novo aluno com o nome de Aakos, Romane. Mais alguns alunos para as outras casas, este ano parecia haver alguns bruxos de famílias mais famosas, só que nada de tão diferente. Observou atentamente os sonserinos novatos analisando mentalmente o tamanho do trabalho que teria nos próximos dias. Notou intercambistas também sendo selecionados como iguais, comentou com o sonserino ao seu lado:
Não deve ser fácil para eles, chamam atenção por serem de outras escolas e no primeiro dia já enfrentam olhares desconfiados de todos os alunos. Pensou ter escutado o rapaz dizendo que o sonserino estava reparando apenas porque gostaria desse tipo de atenção, entretanto sua audição seletiva apagou qualquer ofensa direcionada à ele que tivesse sido proferida naquele momento.

Ergueu-se depois da refeição, reunindo os alunos novos e caminhando até as Masmorras dava os avisos comuns para os alunos.
Sejam o mais normais o possível aqui, não é lugar para estrelato e sim para aprender. Sempre poderão ter a minha ajuda, de qualquer monitor ou professor que esteja afim de ajudar. Se entrarem em brigas ou discussões que afetem os pontos de nossa casa, utilizarem feitiços proibidos ou azarações infantis pelos corredores, ir em lugares que não devem estar ou desobedecerem regras, me certificarei pessoalmente de que se arrependam amargamente. Temos que ser os melhores e vocês já são só de estarem aqui. Venham, esta é a entrada da comunal...  Continuou sua balela entre instruções e ameaças sutis, mas sempre respondendo educadamente qualquer pergunta que lhe era direcionada, desde que esta não parecesse idiota.

[...]

Após toda a apresentação e dúvidas dos novatos, resolveu ir para o lado de fora encontrar os alunos já mais antigos do castelo. O rapaz sentia falta de alguns poucos amigos, sabia que encontraria todos eles no pátio pavimentado – já que era isso que faziam ano após ano, após verificarem seus dormitórios. Caminhou lentamente até o pátio, sorrindo ao ver um grupo bem diversificado reunido por ali.
Cumprimentou as meninas conhecidas com um beijo no rosto, o que incluída a monitora da Corvinal e cumprimentava as mãos dos rapazes com gestos conhecidos e com um abraço rápido.
Como foram as férias de vocês? Questionou, encostando-se em uma das paredes de pedra do local, cruzando os braços e observando à todos com um leve sorriso no rosto.
Eu tenho pouco a comentar, mas o resumo é que estudei em vão. Proferiu, parabenizando na sequência os outros monitores por seus respectivos cargos, dizendo que estava feliz de ter sido escolhido também, embora não se achasse a melhor escolha de todas.
A questão é que tem alunos que merecem mais.... Mudando de assunto e falando de algo mais divertido, algum de vocês sabe por onde andam os professores deste lugar? Alguns deles não apareceram no Salão Principal hoje. Enfarruscou a testa, em um ar de curiosidade. Podiam todos estarem simplesmente indispostos, ou ainda não terem chego ao castelo para o início das aulas.
Riu de seus pensamentos e adicionou à sua frase anterior, um comentário que julgou apropriado.
Claro que, vocês sabem como sou desconfiado com tudo.. Disse, continuando o assunto dos meninos e dando guarita para brincadeiras e comentários que divertissem todos que estavam ali.
interagindo com qualquer um em Hogwarts • post aberto para interações
avatar
Slytherin
Idade : 17
Ano escolar : 4º ano
Varinha : 30cm, flexível, nogueira, corda de coração de dragão
Cargo : Monitor da Sonserina
Localização : Atrás de você!
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Monitor da Sonserina
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Camilly Abdalla em Seg Jul 31, 2017 6:20 pm


Camilly saiu disfarçadamente da Comunal após guiar os alunos novos. A cerimônia de boas vindas havia sido as mesmas de sempre com alguns avisos inúteis, seleções para as casas que pareciam cada vez mais longas e um monte de crianças sob sua responsabilidade. Depois de guiar os alunos até a torre, ensinar como funcionava o sistema de responder enigmas para entrar e mostrar todas as dependências da Comunal, Camilly se deu o direito de deixá-los sozinhos com sua bagunça e sair para matar a saudade à sua maneira. Seguiu para o pátio pavimentado, onde os alunos mais velhos costumavam socializar. Sorriu ao ver rostos conhecidos, mas não era muito de contato físico, sair beijando, abraçando e tal. Mas, claro que não era mal-educada, então, quando seu amigo da sonserina chegou, retribuiu o beijo no rosto como todas as outras meninas e sorriu. Pelo visto, ele também havia sido promovido a monitor. Era de se esperar. Quando Ulrich perguntou sobre as férias, Camilly engoliu em seco, tentando não lembrar das suas férias. Digamos que seu pai ser vítima de um atentado terrorista não era o melhor jeito de passar as férias. Mesmo assim, a garota sorriu para que ninguém desconfiasse de nada. Era segredo de Estado, ela não podia falar sobre isso. - Foram normais, nada de especial. - Desviou os olhos, mexendo nas pontas dos cabelos como as garotas costumavam fazer em busca de pontas duplas, nada suspeito. - Aliás, eu notei que a bancada de professores estava mais vazia do que o normal... Será que aconteceu algo? - Sim, ela também era bem desconfiada, ainda mais depois da situação aterrorizadora que vivera.
avatar
Ravenclaw
Idade : 15
Ano escolar : 4º ano
Sangue : puro
Varinha : 21cm, pouco flexível, faia, pêlo de unicórnio
Cargo : Monitora da Corvinal
Localização : No momento, Hogwarts
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Monitor da Corvinal
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Benjamin Wolfglaze em Seg Jul 31, 2017 7:52 pm

[...]
Cerimônia de boas-vindas... depois de alguns anos, você percebe que, na verdade, vindas não são boas às vezes. Um longo tempo se passou desde o último ano e estar ali era monótono demais, embora o fizesse por respeito ao regulamento e à cerimônia em si, para receber os alunos mais novos calorosamente. Ainda assim, continuava a ser entediante, exceto por um aspecto: neste ano, fui "promovido" a monitor da Casa. O conceito, a ideia, não eram novos para mim, mas sê-lo era uma história totalmente diferente. Lembro-me do aluno que era monitor grifino no meu ano de entrada, o Ferguson. Como foi o monitor com quem mais tive contato dentre os três anos que se passaram desde então, tentaria assimilar a minha forma de agir com a dele.
Chegaram ao fim as boas-vindas aos calouros após um longo tempo. Recebi algumas instruções para a monitoria da minha Casa, nada muito diferente do que observei nos anos passados, então não fora difícil assimilar o que fora dito. Logo, logo, tive de encaminhar, pela primeira vez, a leva de alunos novos à Gruta dos Leões, nossa área de lazer, descanso e convivência. Mostrei-os alguns pontos de referência pelo caminho da escadaria, além de contar algumas histórias acerca do meu primeiro ano para tirar algum nervosismo que, talvez, existisse neles, ou mesmo confortá-lo ao mostrar que acontece com todos, senão a maioria. Gostei de fazê-lo. Recebi ainda algumas dúvidas. Espero ter agradado com a maneira e o tom de resposta e ter sido claro nesse ponto.
Fiquei algum tempo no Salão, indicando os banheiros e dormitórios, retirando novas dúvidas e relembrando a senha àqueles que haviam esquecido por um instante. É importante ter cautela com os calouros — Pensei, observando-os de longe, à frente do círculo de madeira que formava a porta. Estavam se socializando bem e pareciam ter entendido como é o funcionamento do Salão, ótimo. Peguei alguns chicletes no bolso do meu manto, oferecendo aos que estavam próximos e mascando um deles. Resolvi abrir a porta e sair. Pedi para que, caso acontecesse algo, procurassem-me no pátio pavimentado, onde estaria com colegas numa pequena reunião.
[...]
Lá estavam eles conversando. Aproximei-me normalmente do grupo, com as mãos para trás, unidas, caminhando passo a passo. Não sou de falar muito, então apenas os cumprimentei normalmente com apertos de mão. Expressão intacta e postura incorrigível. Levei as mãos para frente, cruzando os braços e ouvindo cada um contar sobre suas férias, até que chegara a minha vez. Nada muito diferente: passei as férias em Hogwarts, conjurando feitiços simples, lendo, estudando... a maioria dos que ouvem, dizem ser entedioso ou olham-me com o cenho franzido — Não sei se fora o caso desta vez —, mas é o que eu gosto de fazer. Meus pais... bem... é uma longa história.
— Ou estão fazendo as últimas preparações ou esse ano as coisas serão um pouco diferentes... — Comentei rapidamente quando o silêncio se instaurou. Costumo imergir em meus pensamentos e daquela vez não foi diferente: olhando para um ponto vazio à frente, retornei a falar: — Talvez não queiram que percebemos e tentaram ser levemente sutis, mas vejo que não funcionou. Talvez, também, haja algum comunicado no decorrer da semana ou algo do tipo, ou ainda os professores devem aparecer da mesma forma. O que acham?
[...]
avatar
Grifinória
Idade : 15
Ano escolar : 4º ano
Sangue : mestiço
Varinha : 29cm, inflexível, cipestre, pena de fênix
Cargo : Aluno
Localização : Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Monitor da Grifinória
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Elric Mullem em Seg Jul 31, 2017 11:37 pm

A mesmice de sempre ocorria no salão comunal: os primeiranistas ficavam empolgados com o chapéu seletor, palmas e mais palmas a cada selecionado e o discurso que muitas vezes era finalizado com frases sem sentido pelo diretor. — Estou presenciando a personificação do tédio. — Elric sussurrou antes de levar o suco de uva aos lábios. Ele contava os dias para se ver longe da obrigatoriedade de frequentar o colégio, gostaria que existisse um meio de se tornar um ótimo bruxo sem a necessidade de um diploma de Hogwarts. Porém, ele sabia que não era possível, teria que vivenciar mais três anos dentro desta prisão juvenil repleto de seres inúteis que sequer irão conseguir se tornar alguém importante no futuro. Caso fosse possível, Elric já teria pisado em todos como insetos insignificante. —  Quem sabe um dia. — Falou novamente para si antes de se retirar da mesa.


Ao sair, Elric afrouxou um pouco sua gravata uma vez que ainda não teria aula. Deu uma caminhada breve pelo ambiente soltando a cada passo bocejos tediosos, aquele local já estava cansando-o. Um pequeno garoto, nitidamente primeiranista da Lufa-lufa, passou por Elric e, sem ter a intenção, trombou no veterano. O pequeno pediu desculpas imediatamente a qual Elric respondeu com um sorriso amargo. Assim que o menino retornou o seu caminho, Elric apontou a varinha para ele — Bamboé. — Lançou sem pensar duas vezes. O lufano começou a se desequilibrar a cada passo antes de desabar sem saber o que estava acontecendo. Elric permaneceu parado, assistindo com uma expressão neutra o garoto tentar se levantar. Soltando um suspiro tedioso devido a inutilidade do garoto de o descontrair, acabou deixando-o ali antes que alguém o vice e dedurasse. Caminhou rumo ao pátio pavimentado, pois sabia que infelizmente precisava se socializar com os demais humanos de seu ano. Um grupo com os três monitores estava formado, ele chegou mais perto e os cumprimentei com aperto de mão forte, mas breve.


Elric esperou pra ouvi-los falar e poder saber sobre o assunto. Estavam falando sobre as férias, um assunto nada original para o sonseriano. Ao chegar a sua vez, apenas acabou dando de ombros e se limitou usando poucas palavras, pois sabia que ninguém estava interessado realmente. — Nada de interessante. — Assim que todos falaram um pouco começaram a comentar sobre a ausência dos professores. Desconte com a escolha do assunto,  ele sentou em um dos bancos próximos e escutou os comentário sobre. Quando novamente chegou a sua vez de falar, ele soltou um longo suspiro enfatizando o tédio que já estava nítido pela sua expressão, virou para eles e falou. — Acho que nada disso importa. Independente do que esteja ocorrendo teremos aulas. — Fez uma pausa para colocar as suas mãos nos bolsos antes de continuar a falar, mudando de assunto. — Um saco vocês três se tornarem monitores, só porque estava planejando dar “boas vindas” aos calouros esse ano. — Ironizou. — Daqui a pouco irão ganhar brindes de melhor comportamento do ano, afinal, ausência de professores é o assunto mais divertidos que conseguiram.
avatar
Slytherin
Idade : 14
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Aluno da Sonserina
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Gaius E. Ansuz em Ter Ago 01, 2017 10:27 pm


Back to School.
''Death isn't the end."
~ Local: Mundo Bruxo
~ Com: Quem brotar aqui.
~ Tempo: O tempo que decidirem.
~Roupas: Jaqueta, calça,
botas, etc.

Calouros, calouros e mais calouros,
tive de levar cada um dos novos texugos até a comunal, ensina-los a batida secreta para encontrar a entrada da toca e mostra-los a seus aposentos. Não foi algo muito trabalhoso e cheguei até mesmo a dar algumas boas risadas fazendo os calouros errarem o código antes de entrarem, tudo é claro na mais boa e velha esportiva. já dentro da comunal eu aproveitei para me apresentar para os novatos.

- Me chamo Gaius, e serei vosso ilustre monitor. - Dizia me curvando como um artista agradecendo sua platéia, por fim deixei minhas malas jogadas sobre a cama, seguindo para o pátio, ainda haviam alguns calouros explorando o grande castelo, aquela visão me trazia memórias de meus primeiros anos, nem todas eram boas, mas a escola é assim mesmo, cheia de memórias dos mais variados tipos.

Andei por mais algum tempo até que avistei alguns velhos conhecidos, me aproximei com as mãos atrás da cintura, minha mão direita segurando o pulso da esquerda. - Quem diria que de todas as pessoas... eu seria escolhido como o monitor dos texugos... - Falei de forma calma enquanto olhava para o céu de forma distraída. - Então... sobre o que falavam? Férias? Estudos? Namoros? Coisas chatas do cotidiano? - Voltei a olha-los com um sorriso no rosto e os braços abertos.


avatar
Hufflepuff
Idade : 18
Varinha : 24cm, inflexível, cedro e pêlo de unicórnio
Cargo : Monitor da Lufa-Lufa
Localização : Algum canto de Hogwarts.
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Monitor da Lufa-Lufa
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Akane Sato em Qua Ago 02, 2017 12:04 am

Um nove recomeço em uma escola nova e eu estava totalmente envergonhada já que eu era chinesa e falava mandarim, porém, eu também falava inglês e talvez eu seria uma das poucas do meu pais a ter uma pronuncia perfeita já que meu pai era Inglês e minha mãe é chinesa e ambos agora se mudaram comigo devido ao meu intercâmbio.

Quando me aproximava do pátio percebia que haviam alguns alunos ali e com um tanto de vergonha e ao mesmo tempo motivação a conhece-los eu logo me aproximava tentando sorrir nervosa. -Nín hao. "Oi." - Dizia em mandarim logo em seguida balançando a cabeça negativamente. -Oi, me desculpem quando fico nervosa eu falo mandarim, prazer gente sou Akane intercambista de Mahoutokoro. - Falava com um sorriso no rosto um pouco mais leve passando a minha timidez.
avatar
Grifinória
Cargo : Intercambista
Localização : Hogwarts
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Aluno da Grifinória
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Perenelle Söldner em Qua Ago 02, 2017 12:33 am





Light my fire
Um pio da minha coruja bastou para meu rosto ser íntimo do chão. - Hora Snow, isto são modos?.  Enfim enquanto as donzelas acordam na calma eu acordo desastrosamente já que minha coruja não aprendeu os bons modos, ela faz isto para me azucrinar. Dou de ombros e aproveito o chuveiro livre para me higienizar enquanto as madames estam num pleno sono de cem anos.

Saio do banho com o cabelo penteado e ponho minhas vestes. Pego minha coruja e a solto pela janela. - É pra voltar viu safada?.  Com o grito as moças acordaram e algumas me xingavam, dei língua e sai correndo batendo a porta e fazendo um estrondo tomar conta do quarto.

Corri por todo castelo e o tédio me fazia pensar onde eu poderia ir. Logo vi uma muvuca no pátio e resolvi correr até lá. - Nunca vi lugar tão cheio... - se juntou as pessoas ao seu redor e tentou aproveitar uma brecha pra tentar se inteirar a conversa que tinham.

Narração  ;   Nelle   ;   Gaius   ;   Renan   ;    Npcs


Look da Nelle:
Tentando Interagir
Pátio
avatar
Cargo : Aluna
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Ulrich Gaia Cromwell em Sex Ago 04, 2017 5:02 pm

grandes começos e continuações
• Vidas que vem e vão em Hogwarts •
Em meio à encaradas sarcásticas, risadas e comentários divertidos, os meninos ali presentes não chegavam à levar suas preocupações tão longe, já que as aulas seriam tudo o que iriam enfrentar dali para frente. Se desencostou da parede, andando para o outro lado do círculo de amigos e subindo sua calça, logo depois cruzando os braços novamente. O tempo aparentava estar bom, ainda que não pudessem evitar o anoitecer que já dava seus sinais.

[...]

Olhou para a monitora Camilly, comentando sobre o que ela havia dito sobre suas férias anteriormente:
Normais? Eu creio que isso seja impossível pra ti, já que costuma chamar encrenca. Mas vou fingir que acredito!
Haha!
Sorriu, erguendo o braço em cima do rosto fingindo que levaria um "tapa" da Camilly, com referência à uma possível agressão "amistosa". Nunca tinha tido um momento tão inútil quanto aquele, mas estava interessante.
Dirigiu sua palavra ao grifino Benjamin, que parecia mais sério do que deveria ser - pelo menos ao ver de Ulrich.
Benjamin, seja lá o que for vamos descobrir. Agora me diz, qual é a aposta desse ano para aluno mais encrenqueiro? Olhou para Gaius. O que acha, Gaius? Teremos explosões de bombas de bosta esse ano?! Haha! Tirou de seu bosto um dos panfleto da Gemialidades Weasley e mostrou para eles a "promoção" de bombas de bosta e artigos mata-aula. Ergueu a sobrancelha, sabia que eram proibidos... E julgava que era por isso que todos usavam.

[...]

Também voltou sua atenção ao outro sonserino ali presente, que Ulrich precipitadamente julgou que estava de mal humor naquele dia.
Na verdade, Elric, é muito divertido falar da ausência de professores já que isso significa poucas aulas ou quase nenhuma, pelo menos por enquanto. Podemos treinar feitiços e encontrar coisas mais interessantes para fazer... Não é Gaius e Perenelle?! Disse com um sorriso no rosto, esperando que não levassem na maldade seu comentário.
Vocês vão jogar quadribol? Ei, Ben, vai torcer pras Harpias este ano? Irlanda está com pontos altos, mas Brasil foi pra final na última copa de quadribol. Aqueles pangarés! Comentou avidamente. Se empolgava falando sobre esportes, ainda que não fosse o melhor dos jogadores.
Vamos organizar uma festa de boas vindas para os novatos? O que acham? Pelo menos assim eles podem ver que não somos tão chatos só porque somos monitores ou já vivemos alguns anos nesse castelo velho. Indagou à todos sobre sua ideia, que consistia em uma festa na sala vai e vem.
Akane, trouxe algum dos "sakes" dos orientais? Brincou com ela, mas sabia que se tivesse bebida seria tentado a dar uns goles.
interagindo com qualquer um em Hogwarts • post aberto para interações
avatar
Slytherin
Idade : 17
Ano escolar : 4º ano
Varinha : 30cm, flexível, nogueira, corda de coração de dragão
Cargo : Monitor da Sonserina
Localização : Atrás de você!
Comportamento :
100 / 100100 / 100
Monitor da Sonserina
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Pavimentado

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum